segunda-feira, 17 de abril de 2017

Na terra dos filhotes da cachorra de guarus, pau que bate em chico só acaricia o lombo de francisco...

Parece repetitivo falar da hipocrisia e da cretinice dos meios de comunicação quando se referem aos supostos desvios de conduta e das relações promíscuas entre empresários e  funcionários públicos de todos os poderes, e não só do legislativo e do executivo como querem nos fazer acreditar...

Mas é preciso repetir, SEMPRE...!

Vejam o caso da famiglia marinho e sua rede mafiosa de comunicação...

Esse grupo, bem pouco tempo atrás, esteve envolvido em um dos maiores escândalos desse país, que só veio à tona por causa da incansável ação de blogueiros e da mídia progressista...

Além de sumir com um processo administrativo do acervo da Receita Federal, que a instava a pagar mais de 2 bilhões de reais em impostos sonegados, a empresa estava encalacrada até o pescoço com outro clã mafioso, a famiglia cbf (confederação de bandidos do futebol)...

Pois bem, por incrível coincidência, esse pessoal (siamo tutti buona genti) da cbf veio cair aqui em Campos dos Goytacazes, e justamente na área onde existe o "tutu", a Secretaria de Fazenda, onde se juntaram a outra expert no assunto, a ex-controladora do Telhado de Vidro...

Já o nosso pessoal da mídia de esgoto local tem lugar certo nesse time da caradurice...

Não só pelo fato de parte da entourage oriunda da famiglia cbf ter frequentado páginas e páginas de adulação dos colonistas sociais locais (¹), justamente por sua relação com o ilustre ex-presidente da confederação dos bandidos do futebol...

Também porque durante semanas a latrina editorial, que serve como papel de b...nda do atual prefeito, alardeia as implicações do pessoal da lapa com a lista da Odebrecht...

Até aí nada demais...'Tá no inferno, abraça o capeta...

No entanto, a pocilga editorial só esquece uma coisinha que faz muita diferença...

O rapaz que está atolado até o pescoço no caso da Odebrecht e o pessoal da lapa é um dos principais auxiliares do atual prefeito...

Uai...como assim?

Pois é, minha gente, pois é...

Aprofundando as investigações (se alguém sério e isento o bastante estivesse à frente delas, o que não é o caso) chegaríamos, com certeza, a constatação de que parte dessa dinheirama que irrigou o sistema político teve, dentre tantos outros, um endereço nada nobre: as empresas de mídia...

Sim, porque não há sistema político ocidental sem um forte esquema de mídia, logo...

Tenho certeza que essa possibilidade NUNCA será investigada...

Até porque, empresas de mídia mantêm sempre na coleira um ou dois (ou vários) advogados ilusionistas (²) para a defesa da indefensável mania que eles têm de roubar (sonegar) os impostos devidos...Alguns são até colonistas...


(¹)  Colonistas, na visão desse blogueiro, são aqueles que escrevem sobre o cólon (antes um pouquinho do cu, mas por onde também passa um monte de merda) da sociedade, e não porque atuem como "colonizadores" de hábitos e cacoetes, como disse Paulo Henrique Amorim, quando inventou a expressão...

(²) Advogado ilusionista é o nome correto para o apelido comumente usado de advogado tributarista...São especialistas em encontrar brechas e meios de evitar pagamento de impostos e na lavagem de dinheiro sonegado...
Ninguém os contrata para falar da ciência jurídica ou dos pilares e princípios do Poder Tributário do Estado...

Um comentário:

Anônimo disse...

Pois é, haja mágica para esconder os gatos com os rabos de fora.